Síndrome do impacto no ombro (SIO): o que é, causas, sintomas, diagnóstico e tratamento.

A síndrome do impacto no ombro (também conhecida como SIO) é uma doença inflamatória e degenerativa que se caracteriza por impactação mecânica de determinadas estruturas que se localizam no espaço subacromial da articulação. 

Em outras palavras, a SIO ocorre quando o espaço normalmente estreito entre o acrônimo e o manguito rotador (conjunto de quatro tendões) com a bursa subacromial (membrana que age como amortecedor e lubrificante para diminuir o atrito entre o tendão e o osso) fica ainda menor, causando irritação e inflamação nestas estruturas. Ou seja, a síndrome do impacto do ombro consiste na compressão do tendão do músculo durante os movimentos de elevação ou abdução.

 

 

CAUSAS

O uso excessivo do ombro em flexão anterior ou abdução predispõe o impacto. Portanto, algumas atividades estão diretamente relacionadas a incidência dessa doença, entre elas:

  • Prática de alguns esportes com impacto no ombro: voleibol, natação, peteca, arremesso de peso, tênis, entre outros. A natureza repetitiva desses esportes podem levar a microtraumas de uso excessivo se a musculatura estiver muito tensa ou descondicionada;

  • Algumas atividades de trabalho, sendo comuns em trabalhadores que exercem funções com o membro superior em elevação por longos períodos. Alguns distúrbios do ombro são influenciados por fatores biomecânicos de acordo com o trabalho realizado, como nos casos de carga excessiva nos membros superiores, vibrações e flexão com abdução dos braços por tempo prolongado.

 

 

SINTOMAS

O quadro clínico é variável, dependendo da fase de evolução, entretanto, a dor e consequente limitação funcional são evidentes.

 

Os sintomas da síndrome do impacto incluem dificuldade em alcançar atrás das costas, dor ao elevar o braço acima da cabeça e fraqueza dos músculos do ombro.

 

De forma a favorecer a identificação evolutiva da patologia foi descrita a fase clínica em três:

- Fase 1: dor aguda, hemorragia e edema;

- Fase 2: evidencia-se um processo inflamatório acarretando fibrose com espessamento da bursa subacromial e tendinite do manguito rotador;

- Fase 3: ocorrem lacerações parciais ou totais do manguito rotador ou bíceps braquial associado a alterações ósseas.

 

 

DIAGNÓSTICO

Deve ser feito por um médico ortopedista, preferencialmente especialista em ombro e cotovelo. Por meio de um exame físico em que busca inspecionar, palpar e testar a amplitude de movimento do paciente, o profissional fará o diagnóstico da SIO. Exames de imagem são utilizados para avaliar o grau da lesão. Entre os exames mais utilizados estão a ultrassonografia e a ressonância nuclear magnética.

 

TRATAMENTO

O da síndrome do impacto no ombro baseiam-se no modelo conservador ou na abordagem cirúrgica.

 

  • Modelo conservador: Fundamentado em medidas analgésicas e antiinflamatórias associados a um programa de reabilitação contínua e individualizado. O médico pode recomendar repouso na articulação, gelo sobre o ombro e sessões de fisioterapia. Podendo ser realizado ainda infiltração subacromial com medicações como o corticóide com anestésico (mais comum) e o ácido hialurônico.

  • Abordagem cirúrgica: Recomendada somente nos casos em que há falha no tratamento conservador.

VENHA NOS CONHECER

Avenida Angélica, 916 - cj. 608 - SP

CEP 01227-000

Agende já sua consulta

(11) 2501-1943 (tel)

(11) 94370-7156 (whatsapp)

CONTATOS

Tel: (11) 2501-1943 / (11) 94370-7156

E-mail: contato@isonanten.com

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon