Lesão do ligamento colateral medial: causas, sintomas, diagnóstico e tratamento.

O ligamento colateral medial (LCM) é um dos quatro ligamentos responsáveis pela estabilização do joelho, sua função é evitar o excesso de movimento ou balanço, preservando as estruturas internas do joelho. Localizado na parte interna do joelho, constitui-se de uma estrutura fibrosa que conecta a extremidade inferior do osso da coxa (fêmur) e a extremidade superior do osso da perna (tíbia).

A lesão do ligamento colateral medial é uma ruptura das suas fibras, podendo ser parcial ou completa, ou seja, vai desde pequenos estriamentos até lesões mais complexas, de grau 3, em que a estabilidade medial ou interna do joelho fica comprometida.

CAUSAS

O LCM é o ligamento mais comumente lesionado, contando aproximadamente 8% de todas as Lesões do joelho (Majewski 2006). Entre as causas para essa lesão estão:

- Prática de esportes de contato, como o futebol, tênis, basquete, esqui, entre outros;

- Atividades físicas que provocam sobrecarga no ligamento;

- Impacto direto sobre a parte externa (lateral) provocando uma alavanca na parte interna (medial) do joelho;

- Pode ocorrer quando o atleta/pessoa pisa sobre uma superfície irregular (ex: buraco), gerando uma força de abertura na parte interna (medial) do joelho;

- Traumas diretos;

- Atividades físicas que provocam esforços repetidos no ligamento;

- Torção

- Pode estar associada a outras lesões do joelho (eex: lesão do menisco, cartilagem, ligamento cruzado anterior, etc.). Esta lesão é comum durante a prática de esportes de contato direto (ex: handebol).

 

 

SINTOMAS

- Dor na parte interna do joelho;

- Inchaço/edema no joelho;

- Hematoma no joelho;

- Dificuldade para andar (a pessoa começa a mancar);

- Dificuldade de flexionar e estender o joelho;

- Instabilidade no joelho;

 

 

DIAGNÓSTICO

Deve ser feito por um médico ortopedista, preferencialmente especialista em joelho. Por meio de um exame físico em que busca inspecionar, palpar e testar a amplitude de movimento do paciente, o profissional fará o diagnóstico da LCM. Exames de imagem são utilizados para avaliar o grau da lesão. Entre os exames mais utilizados estão a ressonância nuclear magnética e a ultrassonografia.

 

Conforme mencionado anteriormente, a lesão do ligamento colateral medial vai desde pequenos estriamentos até lesões mais complexas, de grau 3, em que a estabilidade medial ou interna do joelho fica comprometida. Desta forma, vale também destacar a classificação dessa lesão por graus:

Grau I

Trata-se de uma lesão incompleta do LCM (lesão leve), somente um estiramento do ligamento, sem instabilidade. Geralmente os pacientes se queixam de dor na pressão sobre o ligamento e conseguem retornar às atividades esportivas num período mínimo de três semanas.

 

Grau II

Trata-se do rompimento parcial do LCM (lesão incompleta) que ocorre por um estresse em valgo. Comumente, o paciente sente dor ao flexionar e estender o joelho e quando faz o movimento de valgo do joelho. A dor e inchaço são maiores do que na lesão de primeiro grau, assim como a recuperação é mais lenta. 

Grau III

Trata-se da ruptura completa do LCM. A pessoa acometida por essa lesão apresenta inchaço e dificuldade em dobrar o joelho. Instabilidade e falhas são características comuns do rompimento total do ligamento colateral medial e requer um período muito maior de recuperação do que as lesões de grau I e II.

 

 

TRATAMENTO

O tratamento inicial de todas as entorses é semelhante, requer repouso, gelo, compressão e elevação da perna.

 

Se a lesão não é grave, o tratamento conservador: repouso, imobilização do joelho com uma órtese, o uso de anti-inflamatórios e a fisioterapia são o suficiente para sanar o problema.

 

Mesmo na lesão de grau III, o tratamento é sempre conservador, sendo indicado o tratamento cirúrgico somente na falha do tratamento conservador.

por Leandro Shimba

VENHA NOS CONHECER

Avenida Angélica, 916 - cj. 608 - SP

CEP 01227-000

Agende já sua consulta

(11) 2501-1943 (tel)

(11) 94370-7156 (whatsapp)

CONTATOS

Tel: (11) 2501-1943 / (11) 94370-7156

E-mail: contato@isonanten.com

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon