Lesão do tendão do

Calcâneo (Aquiles)

O QUE É

O tendão do calcâneo, também conhecido como tendão de Aquiles, é o mais forte tendão presente no corpo humano, podendo suportar até 12,5 vezes o peso corporal. Consiste num tecido fibroso  e se localiza na região posterior do tornozelo, abaixo da panturrilha, ligando o músculo da panturrilha ao calcanhar.

 

Apesar de forte é vulnerável pois suporta muita tração e tem uma região menos vascularizada, mais suscetível a lesões.

 

A lesão do tendão do calcâneo é mais frequente em homens, sobretudo na faixa etária entre os 30-50 anos e em atletas profissionais, mas também pode acometer os desportistas ocasionais.

A lesão no tendão de Aquiles pode ocorrer como uma ruptura parcial ou total, sendo a ruptura total mais frequente que a parcial.

CAUSAS

-    Não realização de alongamento e aquecimento antes da prática de atividades físicas;

-    Sobrecarga e traumas na parte posterior do calcanhar;

-    Prática desportiva de alto impacto, como a corrida;

-    Desalinhamento da passada;

-    Encurtamento muscular dos músculos da perna;

-    Stress repetitivo do tendão;

-    Músculos da parte posterior da perna pouco desenvolvidos;

-    Esporão do calcâneo;

-    Compressão do tendão e da barriga da perna.

 

 

TIPO DE LESÕES NO TENDÃO DE AQUILES

•   Tendinite: ocorre quando tendão fica inflamado, causando dor e rigidez na parte posterior do calcanhar;

•   Tendinose: espessamento com lesão na substância do tendão sem processo inflamatório.

•   Bursite: bursa é um pequeno saco de líquido que fica entre um tendão e um osso com o intuito de ajudar o tendão a mover-se suavemente sobre o osso. Quando sujeita a um repetido trauma, a bursa pode ficar inflamada.

•   Rutura: consiste no rasgo/ruptura do tendão, seguido de dor e inchaço na parte inferior da perna e impotência funcional.

 

 

SINTOMAS

-    Rotura aguda: dor aguda, sensação de pedrada, impotência funcional;

-    Tendinopatia crônica: inchaço, fraqueza.

 

 

TRATAMENTO

O tratamento, assim como o diagnóstico, deve ser recomendado por um médico especialista na área, mas o tratamento mais apropriado depende de diversos fatores, tais como: a idade do paciente, o tipo da lesão e o nível de atividade física praticada pelo indivíduo.

 

Conservador:

Indicado nos casos de lesões parciais e tendinites. Recomenda-se o uso de órteses que elevem o calcanhar como o uso de tornozeleiras e meia palmilha de silicone, ou até mesmo a imobilização com o uso de bota ortopédica. Gelo no local e terapia compressiva.

 

O paciente deve evitar subir escadas, caminhadas e colocar peso sobre o lado afetado.

 

Pode-se ainda indicar o uso de analgésicos e antiinflamatórios, além de gelo no local da lesão e fisioterapia.

 

Cirúrgico:

Indicado nos casos de lesões totais e algumas tendinoses.

 

A cirurgia pode ser feita de forma aberta ou percutânea e o paciente deve iniciar a fisioterapia imediatamente após a cirurgia.

VENHA NOS CONHECER

Avenida Angélica, 916 - cj. 608 - SP

CEP 01227-000

Agende já sua consulta

(11) 2501-1943 (tel)

(11) 94370-7156 (whatsapp)

CONTATOS

Tel: (11) 2501-1943 / (11) 94370-7156

E-mail: contato@isonanten.com

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon