Cisto ósseo simples: causas, sintomas, diagnóstico e tratamentos.

O cisto ósseo simples é uma lesão benigna, rara, que acomete o tecido ósseo. Usualmente encontrado em crianças e adolescentes, incide preferencialmente próximo as articulações dos ombros e quadril, mas pode aparecer também em outras localizações.

 

É uma lesão pseudotumoral, cuja característica principal é apresentar uma cavidade unicameral contendo líquido claro ou hemorrágico, ou seja, ocorre por uma falha durante o processo de formação óssea, formando uma cavidade dentro do osso, que é preenchida por líquido e, geralmente, se apresenta como uma lesão única.

 

Em alguns casos, o cisto ósseo simples regride e chega a cicatrização e desaparecimento completo na adolescênica, sem que haja interferência de algum tratamento anterior, mas não é comum.

 

 

CAUSAS

A causa do surgimento dessa lesão, parece estar relacionada com o sistema venoso, promovendo uma reação inflamatório intraóssea e, em alguns dos casos, por mutações genéticas.

 

 

SINTOMAS

Os sintomas do cisto ósseo simples são variados. Podendo ser apenas um achado radiológico, um edema local, dor como sintoma principal ou uma fratura espontânea. Sendo que as fraturas no cisto ósseo simples ocorrem em 66% dos casos, pois a presença do mesmo causa uma redução mecânica do osso, tornando-o suscetível à fraturas patológicas (o C.O.S se apresenta como uma lesão lítica insulfatica que expande as paredes óesseas, deixando-as finas e suscetíveis à fratura).

 

 

DIAGNÓSTICO

É diagnosticado por um médico especialista, na maioria dos casos como achado de exame (feita a radiografia por outro motivo, o cisto é descoberto) ou após uma fratura. O diagnóstico do cisto ósseo simples é feito por meio de exames de imagem, como radiografias e ressonância, necessitando de biópsia apenas em casos que gerem dúvida.

 

 

TRATAMENTO

Existem várias formas de tratamento que vão desde a infiltração de medicamentos chamados corticoides até cirurgias para sua estabilização e remoção. A melhor forma de tratamento depende do osso acometido e deve ser definida pelo especialista.

O tratamento pode ser feito apenas com observação e imobilização se fraturado, até consolidação óssea; com infilitrações ósseas, ou com cirurgia com curetagem e enxertia. A observção é escolhida nos cistos menores e com menos chance de fratura, enquanto os cistos maiores são infiltrados com corticóides, que estimulam a consolidação do osso no local do cisto.

Os cistos muito grandes, já fraturados sem resolução mais de uma vez ou em locais onde uma fratura seria mais grave (como nos membros inferiores) geralmente são tratados com curetagem da lesão, e preenchimento da cavidade com enxerto ósseo.

VENHA NOS CONHECER

Avenida Angélica, 916 - cj. 608 - SP

CEP 01227-000

Agende já sua consulta

(11) 2501-1943 (tel)

(11) 94370-7156 (whatsapp)

CONTATOS

Tel: (11) 2501-1943 / (11) 94370-7156

E-mail: contato@isonanten.com

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon