Cervicalgia: o que é, causas, sintomas, diagnóstico e tratamento.

A cervicalgia, popularmente conhecida como torcicolo, é a dor no seguimento cervical da coluna vertebral (parte posterior e lateral do pescoço. Constitui a segunda causa mais comum de dor no adulto, ficando somente atrás dos quadros de cefaléia. A dor pode variar desde uma branda dor local até uma dor mais intensa que limita os movimentos.

 

A patologia afeta predominantemente o sexo feminino, especialmente durante a meia idade.

 

 

CAUSAS

Geralmente, esta condição é o resultado de traumas no pescoço, como movimentos bruscos, má acomodação na hora de dormir ou permanecer por muito tempo em uma posição forçada. Mas pode ter diversas causas:

  • Lesões musculares ou articulares: razão mais comum. Usualmente causada pela postura inadequada ou algum movimento brusco do pescoço;

  • Estresse (rigidez muscular ocasionada por estresse);

  • Traumatismo cervical (choque violento na nuca), como por exemplo, em um acidente de carro;

  • Artrose das vértebras cervicais;

  • Hérnia cervical;

  • DDD (Doença Degenerativa Discal);

  • Doenças infecciosas, como disfunção reumática ou tumoral (casos mais raros).

 

 

SINTOMAS

As manifestações clínicas costumam instalar-se gradativamente. A pessoa acometida pela patologia geralmente adota uma postura rígida, o que resulta numa mudança na mobilidade cervical e dor à palpação da mesmo, podendo atingir também os ombros, e em casos mais graves, a totalidade dos membros superiores (dor na nuca que pode irradiar para os ombros e braços e rigidez na nuca).

 

A dor pode variar desde uma leve dor local com fadiga até uma dor mais intensa que limita os movimentos do paciente. Pode ocorrer também o adormecimento de uma parte de um membro superior ou de todo ele. Nos casos mais graves, pode haver fraqueza muscular (formigamento no pescoço, alteração de força, sensibilidade e dormência no braço ligado ao local da cervicalgia).

 

 

DIAGNÓSTICO

O diagnóstico deve ser feito por um médico ortopedista, preferencialmente especialista em cabeça e pescoço. É baseado no quadro clínico apresentado pelo paciente e exames de imagem como radiografia, ressonância magnética e tomografia computadorizada auxiliam na determinação da localização e extensão da lesão.

 

 

TRATAMENTO

Na maioria dos casos o tratamento é clínico, por meio de analgésicos, antiinflamatórios, relaxantes musculares e uso do colar cervical por alguns dias.

 

A fisioterapia tem como objetivo minimizar a dor e acelerar a recuperação. Entre os recursos para o tratamento dessa patologia estão a osteopatia e as terapias manuais, que buscam a liberação da tensão muscular e articular, a eletroterapia e e reeducação postural, que promove o alívio da dor, melhora a rigidez e fortalece os músculos que fornecem suporte para a coluna cervical.

VENHA NOS CONHECER

Avenida Angélica, 916 - cj. 608 - SP

CEP 01227-000

Agende já sua consulta

(11) 2501-1943 (tel)

(11) 94370-7156 (whatsapp)

CONTATOS

Tel: (11) 2501-1943 / (11) 94370-7156

E-mail: contato@isonanten.com

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon