Câncer de Osso: Sintomas, Causas e Tratamentos.

O Câncer Ósseo é um tumor maligno que destrói o tecido ósseo saudável. Ele pode ser classificado em dois tipos:

1. Câncer Primário: é o câncer que se origina no próprio osso e é um tipo de câncer raro.

2. Câncer Secundário: é o câncer que tem origem em qualquer outro lugar do corpo e se espalha para os ossos, também conhecido como câncer mestastático.

SINTOMAS

  • Dor, não relacionada com com atividade física e comumente mais intensa à noite;

  • Inchaço local;

  • Fratura sem trauma associado;

  • Fadiga.

 

A suspeita sobre o diagnóstico é feita inicialmente pelo médico do paciente através de sua história clínica e exame físico, podendo o mesmo já indicá-lo para o especialista na área, o oncologista ortopédico.

Por fim, o diagnóstico de câncer nos ossos é confirmado por meio de exames de imagem, tais como radiografias, tomografias, ressonâncias magnéticas, cintilografia óssea e, em alguns casos, o especialista pode ainda recomendar a biópsia óessea.

 

 

CAUSAS

A causa do câncer de osso não é esclarecida, mas o desarranjo celular, como em todos os tipos de tumor é o motivador da doença.

Em alguns casos, há fatores de risco que podem ajudar ou levar uma pessoa a desenvolver o câncer de osso. São eles:

  • Pessoas expostas à alta dose de radiação;

  • Pessoas com histórico de doença de Paget;

  • Genética, pessoas com parentes próximos que tiveram a doença;

  • Pessoas com certas , tais como: Síndrome de Li-Fraumeni, exostose múltipla hereditária, o retinoblastoma hereditário e a anemia de Diamante-Blackfan.

  • Bebês nascidos com hernia umbilical;

  • Pessoas com doença de ollier (encontromatose), uma doença óssea rara.

 

TRATAMENTOS

O tratamento dependerá do diagnóstico, do tipo de tumor, do tamanho e localização. Mas, os tratamentos comumente utilizados são:

  • Quimioterapia: o procedimento envolve o uso de produtos químicos para tratar a doença e seu objetivo é a destruição das células cancerígenas. A medicacão evita ainda que as células cancerígenas cresçam ou se multipliquem;

  • Radioterapia: utilização de feixes de raios-X de alta energia ou partículas (radiação) para destruir as células cancerosas. Ela age danificando o DNA dentros das células tumorais, destruindo sua capacidade de se reproduzir;

  • Cirurgia: o objetivo da cirurgia é remover o tumor (se possível completamente) e parte do tecido ósseo que o rodeia. Se alguma porção do câncer for deixado para trás depois de remover-se cirurgicamente o tumor, ele pode continuar a crescer e eventualmente se espalhar.

A cirurgia também pode ser combinada com radioterapia e (ou) quimioterapia.

VENHA NOS CONHECER

Avenida Angélica, 916 - cj. 608 - SP

CEP 01227-000

Agende já sua consulta

(11) 2501-1943 (tel)

(11) 94370-7156 (whatsapp)

CONTATOS

Tel: (11) 2501-1943 / (11) 94370-7156

E-mail: contato@isonanten.com

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon